Tamanho do texto

Segundo vice-ministro das Finanças, país tem aumento estável do consumo, elevação da receita fiscal e queda na inflação

Agência Estado

A China tem espaço significativo para fazer ajustes na política macroeconômica e seu crescimento econômico continua forte, disse o vice-ministro de Finanças do país, Wang Jun, de acordo com a edição de sábado do jornal estatal Securities Times.

Embora esteja enfrentando vários desafios, a expansão econômica da China segue estável e tem muito potencial, informou Wang à publicação, referindo-se aos indícios positivos nos últimos meses, como o aumento estável do consumo, uma elevação da receita fiscal e a queda na inflação.

A China continuará implementando uma política fiscal ativa, além de melhorar a política estrutural de redução tributário, acrescentou o vice-ministro de Finanças, sem entrar em detalhes. As informações são da Dow Jones.