Tamanho do texto

Agropecuária foi o destaque do PIB do segundo trimestre, com alta de 4,9% na comparação com os primeiros três meses do ano; indústria registrou queda de 2,5%

A agropecuária foi o principal destaque positivo do PIB do segundo trimestre de 2012, com um crescimento de 4,9% em relação ao primeiro trimestre do ano. Em serviços, houve um aumento de 0,7%. Já a indústria registrou queda de 2,5%.

Economia brasileira cresce 0,4% no 2º tri

Brasil tem pior desempenho entre os Brics e cresce menos que Chile e México

Na indústria, três das quatro atividades registraram taxas de variação negativas. O destaque negativo foi para a indústria de transformação (-2,5%), seguida pela extrativa mineral (-2,3%) e pela construção Civil (-0,7%). Apenas em eletricidade e gás, água, esgoto e limpeza urbana houve crescimento de 1,6%.

Entre os serviços, destacou-se o crescimento das atividades de intermediação financeira e seguros (1,8%) e serviços de informação (1%).

Setor agrícola cresceu de 4,9% em relação ao primeiro trimestre de 2012, segundo o IBGE
Getty Images
Setor agrícola cresceu de 4,9% em relação ao primeiro trimestre de 2012, segundo o IBGE

Pela ótica do gasto, a despesa de Consumo da Administração Pública e a Despesa do Consumo das Famílias cresceram, respectivamente, 1,1% e 0,6% no segundo trimestre de 2012, na comparação com os primeiros três meses do ano.

Já a Formação Bruta de Capital Fixo – que também compõe a demanda interna – apresentou queda de 0,7%.

No que se refere ao setor externo, as importações de bens e serviços cresceram 1,9%, enquanto as exportações caíram 3,9%.