Tamanho do texto

Para Mario Monti, reformas feitas pelo governo estão auxiliando na recuperação do país

Reuters

As dificuldades econômicas da Itália não são tão graves como eram há um ano e o fim da crise está ficando mais perto, disse o primeiro-ministro italiano, Mario Monti, neste domingo.

Monti: Itália deve se recuperar em breve
ASSOCIATED PRESS/AP
Monti: Itália deve se recuperar em breve

"Há um ano, nós pensávamos menos do que hoje de que estávamos em uma crise, mas eu acredito que estávamos mais", disse Monti em uma conferência em Rimini.

Ele disse acreditar que o fim da crise está "se aproximando, de certa forma".

Monti disse que seu governo não espera que suas reformas, incluindo as relativas ao mercado de trabalho e pensão, uma revisão de gastos e de desregulamentação, terão efeitos imediatos para impulsionar o crescimento da economia.

Mas ele disse que esperava que as reformas levassem a uma queda mais rápida nos custos de financiamento da Itália do que o ocorrido, o que teria tornado mais fácil para a economia da Itália começar a se recuperar.

(Reportagem de Paolo Biondi)