Tamanho do texto

Essa foi a terceira queda consecutiva, o que levou a confiança no segmento de serviços ao menor patamar desde agosto de 2009

Agência Estado

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) recuou 1,8% na passagem de maio para junho, na série com ajuste sazonal, informou nesta sexta-feira a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O indicador caiu de 125,4 para 123,1 pontos no período.

Foi a terceira queda consecutiva nesse tipo de comparação, o que levou a confiança dos serviços ao menor patamar desde agosto de 2009, quando ficou em 116,2 pontos.

O resultado reforça os sinais de desaceleração no nível de atividade do setor, segundo a FGV.

O responsável pelo menor otimismo foi o recuo na satisfação dos empresários em relação ao momento presente. O Índice da Situação Atual (ISA-S) passou de -0,7% em maio para -2,7% em junho.

Também houve piora na percepção sobre os próximos meses, embora a queda de 1,1% do Índice de Expectativas (IE-S) em junho ante maio tenha sido inferior ao recuo de 3,3% registrado no mês anterior na mesma base de comparação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.