Tamanho do texto

Até junho, o indicador acumula taxas de 3,19% no ano e de 5,14% nos últimos 12 meses

Agência Estado

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) desacelerou em junho. O indicador subiu 0,66% neste mês, após a alta de 1,02% em maio, de acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A taxa ficou no teto das estimativas dos analistas do mercado financeiro, de 0,66%, enquanto o piso era de 0,50%. Com base no intervalo das previsões, a mediana encontrada era de 0,58%.

Nos três subíndices que compõem o IGP-M, o IPA-M subiu 0,74% em junho, depois de avançar 1,17% no mês anterior.

O IPC-M teve expansão de 0,17%, contra taxa positiva de 0,49% em maio. Já o INCC-M ficou em 1,31% em junho frente a uma variação de 1,30% no mês passado, como já havia informado a FGV na terça-feira.

A taxa acumulada do IGP-M é utilizada como base para indexar grande parte dos contratos de aluguel. Até junho, o indicador acumula taxas de 3,19% no ano e de 5,14% nos últimos 12 meses. O período de coleta de preços para cálculo do IGP-M deste mês foi do dia 20 de maio ao dia 20 de junho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.