Tamanho do texto

Empresa espanhola de engenharia pública Ineco dirigirá projeto do Rodoanel financiado pelo BNDES; segundo ministra, acordo foi firmado durante a Rio +20

EFE

Madri, 27 jun (EFE).- A empresa espanhola de engenharia pública Ineco dirigirá o projeto de uma rodovia no entorno de São Paulo, que contará com financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Social e Econômico (BNDES), anunciou nesta quarta-feira a ministra espanhola de Desenvolvimento, Ana Pastor.

O anuncio da ministra foi feito no Parlamento e em resposta a uma pergunta de um deputado do governante Partido Popular (PP). Ana ainda especificou que esse acordo foi firmado durante a viagem realizada na última semana, quando esteve no país para acompanhar a conferência Rio+20.

Leia mais:  BID concede US$ 1,15 bilhão para obras do Rodoanel de SP

A ministra explicou que as empresas públicas espanholas vão acompanhar as companhias do país em projetos no exterior, como o que está sendo desenvolvido na Arábia Saudita para a construção de um trem de alta velocidade entre Meca e Medina.

Ana destacou ainda que o Brasil desenvolverá o projeto de um trem de alta velocidade, entre Rio de Janeiro e São Paulo, com mais de 500 quilômetros. Neste contexto, a ministra de Desenvolvimento da Espanha ressaltou que a ADIF, a Renfe e outras empresas do setor já demonstraram interesse em participar deste projeto.

Além dos projetos de infraestrutura, Ana também abordou sua reunião com o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt. Ana exaltou o bom posicionamento da AENA, "a primeira operadora aeroportuária do mundo", em toda América Latina, afirmando que o Brasil possui grande interesse no serviço da operadora por conta da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016. EFE mvm/fk

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.