Tamanho do texto

Das sete capitais a única onde houve aceleração de preços da segunda para a terceira quadrissemana do mês foi o Rio de Janeiro, de 0,26% para 0,32%

Agência Estado

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) desacelerou em seis das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) na quadrissemana fechada em 22 de junho. O IPC-S da terceira quadrissemana do mês ficou em 0,16%, ante 0,28% registrado na leitura anterior.

IPC desacelera para 0,21% na 3ª prévia de junho, aponta Fipe

Custo da construção acelera alta para 1,31% em junho, aponta FGV

A única das sete capitais onde houve aceleração de preços da segunda para a terceira quadrissemana do mês foi o Rio de Janeiro - de 0,26% para 0,32%. Houve desaceleração entre os dois períodos em Salvador (de 0,61% para 0,38%), Brasília (de 0,33% para 0,25%), Recife (de 0,33% para 0,11%) e São Paulo (de 0,26% para 0,12%).

Duas capitais passaram a ver o índice no campo negativo: Belo Horizonte, onde o IPC-S saiu de 0,13% na segunda quadrissemana e atingiu -0,08% na seguinte, e Porto Alegre, onde o índice ficou em -0,02% ante 0,16% na leitura anterior.

A próxima divulgação dos resultados regionais do IPC-S ocorrerá no dia 3 de julho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.