Tamanho do texto

Segundo Banco Central Europeu, déficit nas transferências correntes foi mais do que compensado por saldos positivos na balança de bens, serviços e rendas

A zona do euro apresentou em abril um superávit de 4,6 bilhões de euros em sua conta de transações correntes, menos da metade do superávit de 10,3 bilhões de euros apresentado em março. O Banco Central Europeu, responsável pela divulgação dos números, disse que o déficit nas transferências correntes foi mais do que compensado por superávits na balança de bens, serviços e rendas.

VejaÍndice dos Gerentes de Compras composto da zona do euro fica estável

O bloco de moeda comum apresentou um superávit de 7,5 bilhões de euros na balança de bens em abril, abaixo do de 8,7 bilhões de euros de março, mas ainda assim significativamente maior que os saldos dos dois primeiros meses deste ano. O superávit na balança de serviços caiu de 7,4 bilhões de euros para 5,9 bilhões de euros, enquanto o superávit na conta rendas diminuiu de 2,8 bilhões de euros para 1,6 bilhões de euros.

TambémSetor de serviços da Alemanha encolhe pelo 2º mês seguido

O déficit nas transferências de crédito, enquanto isso, aumentou de 8,7 bilhões para 10,4 bilhões de euros. Na conta financeira não ajustada sazonalmente, os investimentos diretos e em carteira, combinados, ficaram negativos, em termos líquidos, em 14,8 bilhões de euros em abril. Em março, o saldo negativo nessa conta havia sido de 32,5 bilhões de euros.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.