Tamanho do texto

Entre os 12 países com maiores populações de indivíduos com US$ 1 milhão para investir, Brasil teve o maior crescimento no ano passado, segundo Relatório Sobre a Riqueza Mundial

Indicadores de renda, poupança e imóveis são positivos no Brasil, diz relatório
Getty Images
Indicadores de renda, poupança e imóveis são positivos no Brasil, diz relatório

A população de milionários no Brasil cresceu 6,2% e somou 165 mil em 2011, muito acima do crescimento médio mundial, que foi de 0,8%. No total, 11 milhões de pessoas têm mais de US$ 1 milhão (cerca de R$ 2 milhões) disponível para investimentos em todo o mundo. Os dados são do Relatório Sobre a Riqueza Mundial 2012, elaborado pela consultoria Capgemini e pela RBC Wealth Management e não incluem o valor de ativos e propriedades pessoais.

Veja mais:  Onde vivem os supermilionários do mundo

Entre as 12 nações com maiores populações de milionários, o Brasil foi o que apresentou o maior aumento do número de indivíduos com mais de US$ 1 milhão, seguido pela China (+5,2%). O relatório destaca que no Brasil houve aumento da renda nacional bruta e que indicadores de poupança nacional e imóveis são positivos. 

Veja abaixo quais são os 12 países com maiores populações de milionários

Japão, Estados Unidos e Alemanha, juntos, responderam por 53,3% da poupulação mundial de indivíduos com patrimônio pessoal elevado (HNWIs, na sigla em inglês), segundo o relatório. No entanto, a parcela detida por estes países vem declinando nos últimos anos, já que em 2006 era de 54,7%.

Leia também:  País tem 50 mil milionários, com R$ 434 bilhões aplicados, diz Anbima

Segundo os pesquisadores, a incerteza atual em relação à crise da dívida da zona do euro foi claramente um fator primordial para a desaceleração do número de milionários no mundo. O aumento de apenas 0,8% acontece após o robusto crescimento de 17,1% em 2009 e o crescimento de 8,3% em 2010.

"Embora os investidores previssem que a recuperação econômica global teria um caminho acidentado pela frente, a crise da Zona do Euro confundiu os investidores, aumentando a volatilidade do mercado e colaborando para a desaceleração do crescimento econômico mundial," diz o relatório.

Infográfico:  Calcule como chegar a R$ 1 milhão

LEIA TAMBÉM: Veja dicas para chegar a R$ 1 milhão na conta bancária

Eles vieram de famílias de classe média baixa e hoje têm R$ 1 milhão no banco

Livros que você deve ler para ficar rico

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.