Tamanho do texto

Já os preços das matérias primas brutas tiveram taxa positiva de 0,63% na segunda prévia de junho, em comparação com a alta de 1,33% na segunda prévia de maio

A inflação agropecuária perdeu força no atacado. Os preços dos produtos agrícolas no atacado subiram 0,26% na segunda prévia do IGP-M de junho, após uma alta de 0,87% apurada na segunda prévia do mesmo índice em maio. A informação foi divulgada na manhã desta segunda-feira pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

VejaInflação do aluguel desacelera para 0,63%

De acordo com a FGV, os preços dos produtos industriais no atacado tiveram aumento de 0,80% nesta segunda prévia, em comparação com a alta de 1,37% na segunda prévia de maio. No âmbito do Índice de Preços ao Produtor Amplo segundo Estágios de Processamento (IPA-EP), que permite visualizar a transmissão de preços ao longo da cadeia produtiva, os preços dos bens finais subiram 0,10% na segunda prévia de junho, após avançarem 0,74% na segunda prévia de maio.

TambémIPC-S desacelera nas sete capitais na 2ª semana de junho, diz FGV

Já os preços dos bens intermediários apresentaram aumento de 1,15% na prévia divulgada nesta terça-feira, em comparação com a alta de 1,60% em igual prévia do IGP-M de maio. Os preços das matérias primas brutas tiveram taxa positiva de 0,63% na segunda prévia de junho, em comparação com a alta de 1,33% na segunda prévia de maio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.