Tamanho do texto

Economistas mantiveram ainda a estimativa para o aumento do conjunto dos preços administrados - as tarifas públicas - em 2012 em 3,60% pela segunda semana seguida

As projeções para os IGPs em 2012 mudaram de direção e caíram na pesquisa Focus realizada pelo Banco Central (BC). No levantamento divulgado nesta segunda-feira, a aposta para o Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) neste ano recuou de 5,95% para 5,90%. Essa foi a primeira queda após nove semanas consecutivas de alta dos números.

LeiaIPCA para 2012 cai para 5%, segundo Focus

Para o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), que corrige a maioria dos contratos de aluguel, a expectativa também caiu e passou de 5,70% para 5,68%. Quatro semanas atrás, o mercado previa altas de 5,73% para o IGP-DI e de 5,48% para o IGP-M em 2012. Para 2013, as previsões não foram alteradas. A estimativa de alta para o IGP-DI seguiu em 4,90% pela 11ª semana seguida.

Para o IGP-M, a expectativa manteve-se em 5% pela sétima pesquisa consecutiva. A pesquisa mostrou ainda que a previsão para o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) em 2012 subiu de 4,52% para 4,53%. Há um mês, a expectativa dos analistas era de alta de 4,62% para o índice que mede a inflação ao consumidor em São Paulo. Para 2013, a mediana das estimativas para o IPC da Fipe manteve-se em 5% pela quarta pesquisa seguida.

TambémMercado reduz projeção e prevê que economia crescerá 2,3% em 2012

Economistas mantiveram ainda a estimativa para o aumento do conjunto dos preços administrados - as tarifas públicas - em 2012 em 3,60% pela segunda semana seguida. Para 2013, a previsão de alta dos preços administrados seguiu em 4,50% pela 123ª pesquisa consecutiva.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.