Tamanho do texto

Departamento do Trabalho informou que inflação caiu 0,3% no mês passado, após ficar estável em abril

Os preços ao consumidor dos Estados Unidos tiveram a maior queda em mais de três anos em maio, à medida que as famílias pagaram menos por gasolina, possivelmente dando mais espaço ao Federal Reserve (banco central dos Estados Unidos) para ajudar a economia, que está mostrando sinais de enfraquecimento.

MaisPedidos de seguro-desemprego nos EUA sobem

O Departamento do Trabalho disse nesta quinta-feira que o índice de preços ao consumidor caiu 0,3% no mês passado após ficar estável em abril. O declínio de maio foi o mais forte desde dezembro de 2008, apesar de analistas consultados pela Reuters esperarem um declínio maior.

Excluindo os setores voláteis de alimentos e energia, a pressão inflacionária aparentou ser modesta. O núcleo do índice subiu 0,2%, assim como esperado, registrando o mesmo aumento visto em abril.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.