Tamanho do texto

Companhia já havia quebrado recorde de produção em 2011, quando fabricou 12 bilhões de embalagens no país

A Tetra Pak, líder no mercado brasileiro de embalagens cartonadas (longa vida), projeta crescimento de 4% nas vendas da operação local em 2012. No ano passado, foram vendidas 12 bilhões de embalagens no país. Com a marca histórica, o Brasil foi o segundo país a alcançar esse volume, considerando-se toda a operação da multinacional, atrás somente da China. "Após um início de ano mais devagar, o crescimento voltou à normalidade", afirmou Eduardo Eisler, vice-presidente de estratégia de negócio da Tetra Pak.

A operação brasileira alcançou R$ 4 bilhões de faturamento em 2011. "Já sentimos, na primeira semana de junho, que a velocidade dos pedidos ficou um pouco acima do esperado. Devemos ter um segundo semestre forte", disse.

Conforme Eisler, o crescimento é esperado em todos os segmentos da Tetra Pak, porém o negócio de sucos deve mostrar, proporcionalmente, uma das maiores taxas de expansão. A companhia também pretende aumentar a aposta no segmento de embalagens para alimentos. Atualmente, cerca de 10% do mercado nacional de vegetais em conserva utiliza o produto da Tetra Pak, chamado Tetra Recart. Em 2012, a estimativa é que 130 milhões de embalagens desse tipo sejam vendidas no país, com crescimento de 15% em relação ao ano passado. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.