Tamanho do texto

Na cidade de São Paulo, o preço da cesta  avançou de R$ 297,04 em abril para R$ 302,78 em maio, segundo a  Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas

O preço da cesta básica na cidade de São Paulo subiu 1,93% em maio na comparação com abril, informou nesta segunda-feira a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) na divulgação do Índice de Preços ao Consumidor (IPC). A cesta de itens avançou de R$ 297,04 em abril para R$ 302,78 em maio, ante R$ 282,29 registrados em maio de 2011. No ano, a alta já chega a 2,65% e no acumulado de 12 meses, encerrados em maio, em 7,26%.

Leia também: Cesta básica subiu em 15 de 17 capitais em maio

O levantamento da cesta básica da Fipe verifica os preços de 51 itens, número bem mais reduzido que o de 468 itens do IPC, que em maio apresentou taxa de inflação de 0,35%, ante 0,47% no mês anterior. O conjunto observado na cesta é formado por 41 preços do grupo Alimentação, 7 de Higiene Pessoal e 3 de Limpeza. A instituição divide a cidade em seis regiões, conforme o poder aquisitivo e localização. A zona sul e a zona leste, por exemplo, estão divididas em dois grupos cada.

A zona sul 1 aparece como local da cesta básica mais cara da capital paulista, com preço de R$ 314,98. Apesar do valor mais alto, essa foi a região da cidade que apresentou a menor variação em maio ante abril, de 0,86%. A maior variação positiva foi verificada na zona leste 2, com avanço de 2,83%, para R$ 295,89, em maio na comparação com o mês anterior.

As outras regiões apresentaram alta de 2,18% na zona sul 2 (para R$ R$ 294,81), de 2,17% na zona norte (R$ 302,65), 1,91% na zona oeste (R$ 308,99) e de 1,74% na zona leste 1 (R$ 299,37).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.