Tamanho do texto

A companhia planeja passar o controle do seu programa de aposentadoria de trabalhadores assalariados para a Prudential Financial

A montadora General Motors divulgou nesta sexta-feira que vai reformular seu programa de aposentadorias nos EUA, afetando 118 mil aposentados assalariados, em uma série de medidas que a companhia diz que irá reduzir suas dívidas com aposentadorias em US$ 26 bilhões.

Leia também: Lucro da GM cai para US$ 1 bilhão, mas supera previsão

A GM planeja passar o controle do seu programa de aposentadoria de trabalhadores assalariados para a Prudential Financial, dando à empresa a responsabilidade pelo pagamento das aposentadorias a partir de 2013. Cerca de 42 mil aposentados terão a opção de receber um único pagamento em vez de mudar para o novo plano. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.