Tamanho do texto

Ganhos da companhia fundada por Bill Gates chegaram à casa dos US$ 5,11 bilhões

selo

A Microsoft Corp. registrou prejuízo de 2,4% no terceiro trimestre fiscal encerrado em 31 de maio, para US$ 5,11 bilhões, de US$ 5,23 bilhões no mesmo período do ano passado. Os ganhos por ação caíram de US$ 0,61 para US$ 0,60, refletindo o enfraquecimento nas vendas de suas negócios de entretenimento, embora a receita tenha aumentando em seus outro segmentos.

Leia também : Microsoft investe R$ 18 milhões em centro de tecnologia em SP

A receita total da empresa subiu 6%, para US$ 17,41 bilhões. Analistas ouvidos pela Thomson Reuters previam lucro por ação de US$ 0,57 e receita de US$ 17,18 bilhões. As despesas totais com operação foram de 2,9%. As divisões Windows and Windows Live registram aumento na arrecadação de 4%, e lucros de 5,7%.

O fortalecimento continuado das vendas do Office e de produtos da Microsoft para empresas ajudarem a amortecer o impacto que a empresa sofreu com a redução nas vendas de computadores pessoais. Em janeiro, a empresa advertiu que a falta de drives de disco rígido, resultado das inundações na Tailândia, pressionaria novamente os embarques de PC no terceiro trimestre.

Na divisão de negócios, que lucra mais com o Office, as vendas subiram 9,1%. Na divisão de entretenimento e aparelhos, que desenvolve o videogame Xbox, a queda nas vendas foi de 16% devido ao enfraquecimento no mercado de consoles. Nos serviços online, a receita subiu 6%. A Microsoft investiu pesadamente nesta unidade. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.