Tamanho do texto

Papeis vencem em 2024, como parte da estratégia da União de recuperar títulos retidos no exterior para reestruturar dívida pública

O Tesouro Nacional informou nesta quarta-feira (18) que concluiu a emissão de R$ 3,5 bilhões em bônus, com vencimento para 5 de janeiro 2024. Foram R$ 3 bilhões lançados nos mercados europeu e americano e R$ 150 milhões no asiático. Todos os cupons têm juros de 8,5% ao ano como taxa de retorno para o investidor.

Leia também: Tesouro lança oferta para emissão e recompra de bônus em reais

Segundo o Tesouro, a emissão foi liderada pelos bancos HSBC Securities e Goldman Sachs. “A emissão foi colocada ao preço de 99,292% do seu valor de face (preço real dos papeis), resultando em taxa de retorno para o investidor de 8,60% ao ano”, diz o órgão federal em nota.

A liquidação financeira do bônus ocorrerá em 27 de abril de 2012 e os cupons serão pagos nos dias 5 de janeiro e 5 de julho de cada ano, até o vencimento em 5 de janeiro de 2024.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.