Tamanho do texto

O primeiro-ministro espanhol exaltou as negociações entre a petrolífera mexicana Pemex e os estaleiros da Galícia

O presidente do governo espanhol, Mariano Rajoy, que se reuniu nesta quarta-feira com o presidente do México, Felipe Calderón, disse que espera um aumento das relações comerciais e econômicas entre as duas nações e afirmou que o país latino-americano é um parceiro "confiável e estratégico". Em entrevista concedida após visita ao Palácio Nacional do México, Rajoy encorajou as empresas a aproveitarem as oportunidades de ambos países apesar das difíceis circunstâncias econômicas.

Leia também: Comissário europeu diz que expropriação da YPF não afeta acordo com Mercosul

O primeiro-ministro espanhol deu como exemplo dessa colaboração as negociações entre a companhia petrolífera mexicana Pemex com estaleiros da Galícia. Além disso, Rajoy agradeceu a ajuda do México no combate ao terrorismo na Espanha e elogiou a luta para combater a violência causada pelo narcotráfico e o crime organizado no país latino-americano. "Esta batalha terá sempre o apoio da Espanha", afirmou. Além disso, o líder lembrou que os dois países sempre colaboraram em matéria de segurança.

No contexto internacional, Rajoy agradeceu o apoio mexicano à Cúpula Ibero-Americana que será realizada este ano em Cádiz, na Espanha. O primeiro-ministro também se comprometeu a participar da cúpula do G20, presidida neste ano pelo México e que será realizada em junho em Los Cabos. O presidente do governo espanhol aproveitou a ocasião para agradecer também a generosidade e hospitalidade dos mexicanos. "Podem contar com a Espanha para seguir trabalhando e aprofundar ainda mais relações sinceras que provoquem o benefício de nossas sociedades", disse Rajoy.

Leia também: Cúpula das Américas termina com pedido de aliança entre EUA e América Latina

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.