Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Zona Franca de Manaus se consolida como fornecedor de Brasil e Mercosul

Manaus, 11 set (EFE).- A Zona Franca de Manaus aumentará este ano suas vendas não só para o resto do Brasil, mas também para vários países do continente americano desde Argentina até Venezuela, destacaram hoje autoridades do setor.

EFE |

Entre janeiro e agosto deste ano, as exportações desta zona de livre-comércio alcançaram US$ 692 milhões, contra US$ 1,107 bilhão em 2007 inteiro, segundo dados da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

No primeiro semestre, o aumento das vendas internacionais desta zona de livre-comércio de importação e exportação com incentivos fiscais foi de 27% em relação ao primeiro de 2007.

A Suframa, órgão vinculado ao Ministério de Indústria e Comércio, projeta exportações totais de US$ 1,5 bilhão para 2008, com o que recuperaria níveis similares aos de 2006 (US$ 1,533 bilhão), mas abaixo do número de 2005 (US$ 2,143 bilhões).

Na realidade o principal mercado da Zona Franca localizada no coração da Amazônia é o resto do Brasil, onde para este ano a Suframa prevê um faturamento de aproximadamente US$ 30 bilhões, contra US$ 25,677 bilhões em 2007, segundo sua superintendente, Flávia Grosso.

A Zona Franca é um dos termômetros da economia local, que segundo números oficiais vem crescendo a uma taxa de 5,0% do Produto Interno Bruto (PIB) anual, promovida pelo forte consumo das famílias.

As exportações de Manaus são marginais, mas mesmo assim importantes para a estratégia de muitas empresas transnacionais estabelecidas aqui e que conseguem atender mercados regionais além do brasileiro com um índice de nacionalização de 52%.

As principais mercadorias a registrarem um maior aumento de produção foram os televisores com tela de cristal líquido, além de veículos de duas rodas, como motocicletas e lambretas.

"No Pólo Industrial de Manaus serão produzidas este ano 2,2 milhões de motocicletas, mais que em toda Europa ocidental", destacou a superintendente em coletiva de imprensa. EFE ol/bm/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG