Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Zona do euro registra déficit em conta de US$ 10,4 bi

O déficit em conta corrente da zona do euro (que reúne os 16 países que adotam o euro como moeda) atingiu o nível mais alto em 13 meses em agosto, na medida em que os superávits no comércio de bens e serviços diminuíram

AE |

selo

O déficit em conta corrente da zona do euro (que reúne os 16 países que adotam o euro como moeda) atingiu o nível mais alto em 13 meses em agosto, na medida em que os superávits no comércio de bens e serviços diminuíram. Segundo dados divulgados hoje pelo Banco Central Europeu (BCE), o déficit aumentou para 7,5 bilhões de euros (US$ 10,4 bilhões), ante os 4,1 bilhões de euros de julho (dados revisados). Esse foi o maior déficit em conta corrente desde os 7,5 bilhões de euros registrados em setembro de 2009. Os dados são ajustados para efeitos sazonais e levam em conta o número de dias úteis em cada mês.

O superávit no comércio de bens diminuiu para 900 milhões de euros em agosto, de 2,9 bilhões de euros em julho, enquanto o superávit no comércio de serviços recuou para 1,5 bilhão de euros, ante 2,4 bilhões de euros. Na conta financeira da zona do euro não ajustada sazonalmente, o investimento direto e em carteira mostrou fluxo líquido de saída de capital de quase 1 bilhão de euros em agosto. Os investidores sacaram cerca de 11,4 bilhões de euros dos mercados de dívida da zona do euro, enquanto aumentaram o volume de ações que detêm em 21,7 bilhões de euros. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: ECONOMICOECONOMIA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG