Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Zapatero rejeita proposta da oposição sobre gasto público

O presidente do governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, reafirmou nesta terça-feira a capacidade de seu governo para relançar a economia nacional, rejeitando os apelos da oposição para uma drástica redução do gasto público.

AFP |

"Sabemos que políticas adotar, que medidas tomar, porque acreditamos em nosso país. Temos a capacidade de recuperar o crescimento econômico e de criar empregos na Espanha", declarou Zapatero após 100 dias de seu segundo mandato.

"A redução drástica do gasto" reclamada pelo chefe da oposição de direita, Mariano Rajoy, "afetaria apenas os menos favorecidos, os trabalhadores, os que têm menos".

O ministro espanhol da Economia, Pedro Solbes, declarou hoje que a Espanha poderá ter este ano déficit no orçamento, algo que não ocorre desde 2004.

Se o crescimento econômico ficar abaixo dos 2,3% este ano, "vamos ter um leve déficit, mas isto não me preocupa", disse Solbes em entrevista coletiva em Madri.

Solbes estimou na semana passada que a taxa de crescimento poderá ficar em 2% este ano e continuar caindo em 2009.

wdb/LR

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG