Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Xstrata oferece 5 bilhões de libras por mineradora Lonmin

Londres, 6 ago (EFE).- A mineradora anglo-suíça Xstrata fez uma oferta de 33 libras por cada uma das ações da Lonmin, o que avalia esta última em 5 bilhões de libras, comunicou hoje a empresa ao ente regulador da Bolsa de Valores de Londres.

EFE |

Desta forma, a oferta da Xstrata, que também apresentou hoje seus resultados semestrais, representa um prêmio de 42% frente à cotação dos títulos no fechamento da cotação de terça-feira no pregão londrino.

No entanto, o conselho de administração da Lonmin anunciou em comunicado posterior que rejeita a oferta, que não tinha sido estipulada pelas empresas, ao considerar que se trata de uma tentativa "oportunista" e "mal recebida" que "deprecia" ativos "únicos".

O principal órgão de direção da Lonmin afirmou que se voltará a se pronunciar em breve e recomendou a seus acionistas que, enquanto isto, não tomem nenhuma medida sobre a oferta.

Com a compra, a Xstrata, a quinta maior mineradora do mundo e a quarta em produção de cobre, se transformaria no terceiro maior produtor de platina, posto atualmente ocupado pela Lonmin.

A mineradora anglo-suíça disse em comunicado que este movimento reflete sua intenção de desenvolver um grande negócio de platina.

A Xstrata, que anunciou que já conta com 8,03% do capital da Lonmin, assegurou que a oferta avalia a companhia "de forma completa e justa", enquanto reconhece os "riscos, o tempo e o investimento" necessários para devolver a produção "a seus níveis anteriores".

No primeiro semestre, a Xstrata obteve lucro líquido atribuído de US$ 2,753 bilhões, 8% a menos do que no mesmo período do ano anterior.

Caso as operações descontínuas ficarem fora da conta - a Xstrata vendeu sua divisão de alumínio no primeiro semestre de 2007 -, a receita subiria para US$ 16,092 bilhões, crescimento de 13%, enquanto o Ebitda (lucro antes de juros, imposto de renda, depreciação e amortizações) foi de US$ 5,694 bilhões, estável em relação ao ano passado.

A dívida líquida da Xstrata estava em US$ 14,777 bilhões em 30 de junho, US$ 3,153 bilhões a mais do que no final de 2007. EFE pdj/wr/fal

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG