SÃO PAULO - A Wilson, Sons está em fase final de negociação com a Magallanes Navegação Brasileira, pertencente à Ultratug, do grupo chileno Ultramar, para a formação de uma joint venture - com participação igualitária (50%/50%) - para a exploração do mercado de embarcações de apoio marítimo à exploração e produção de petróleo e gás. A idéia é que esta nova sociedade seja responsável pela operação do que as empresas chamam de OSV (Offshore Supply Vessels), que incluem PSVs (Platform Supply Vessels), AHTSs (Anchor Handling Tug Supply Vessels) e outros tipos de embarcação usados na exploração de petróleo em plataformas marítimas. Atualmente, a Wilson, Sons possui 5 PSVs e tem outras duas em fase de construção, que devem ficar prontas até 2010.

Já Magallanes tem quatro PSVs em construção, além de uma AHTS, que ajuda na ancoragem das plataformas.

Ainda que esta área de negócio tenha representado apenas 3% da receita da Wilson, Sons em 2007, a empresa avalia que o potencial para o futuro é muito grande neste segmento, tendo em vista a encomenda da Petrobras para 146 novas embarcações nos próximos anos. "Podemos ser um competidor forte", diz Sandra Calcado, gerente de Relações com Investidores da companhia.

"O objetivo do acordo é expandir as operações de ambas as empresas no segmento offshore, gerando ganhos de escala e aproveitando as oportunidades decorrentes do crescimento da indústria de petróleo e gás no Brasil", diz a Wilson, Sons em nota.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.