Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Warren Buffett decide aportar até US$ 10 bilhões no Goldman Sachs

SÃO PAULO - A Berkshire Hathaway, empresa controlada pelo bilionário Warren Buffett, fechou acordo para investir ao menos US$ 5 bilhões no Goldman Sachs por meio da compra de ações preferenciais que funcionarão como bônus perpétuos de emissão da instituição financeira. Os papéis vão render um dividendo anual de 10% e podem ser recomprados pelo Goldman a qualquer momento com um prêmio de 10%. A Berkshire Hathaway também vai receber um direito de compra de US$ 5 bilhões em ações ordinárias do Goldman com um preço de exercício de US$ 115 por ação, que poderá ser exercido a qualquer momento durante um período de cinco anos. No fechamento de hoje, a ação do Goldman valia US$ 125,05, após ter subido 3,5% em relação à véspera.

Valor Online |

Além do acordo com a empresa do Buffett, o Goldman informou que pretende captar US$ 2,5 bilhões com a venda de ações ordinárias numa oferta pública.

Em comunicado, o executivo-chefe do Goldman Sachs, Lloyd C. Blankfein disse que o acordo com é uma "forte validação do seu bom posicionamento com os clientes e das perspectivas futuras". Já Warren Buffett qualificou o banco como uma "instituição excepcional".

Vale lembrar que o investimento da Berkshire Hathaway ocorre após a transformação do Goldman Sachs em um banco holding, que estará agora sob o guarda-chuva regulatório do Federal Reserve (Fed), o banco central norte-americano.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG