Por Fernando Exman BRASÍLIA (Reuters) - A varejista Wal-Mart irá investir até 1,8 bilhão de reais no Brasil para abrir de 80 a 90 lojas em 2009, informou a empresa em comunicado nesta quarta-feira.

O Wal-Mart está gastando 1,2 bilhão de reais para abrir 36 novas lojas no mercado brasileiro este ano.

'O Brasil é altamente estratégico para o Wal-Mart. Nós iremos continuar a acelerar nosso crescimento aqui no Brasil', afirmou Hector Nunez, presidente do Wal-Mart no Brasil, após um encontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O foco do Wal-Mart será o consumidor de baixa renda, que é o alvo de suas marcas de supermercados como Maxxi e Todo Dia, acrescentou Nunez.

Michael Duke, presidente do Wal-Mart nas Américas, Craig Herkert, presidente internacional do Wal-Mart, também se encontraram com Lula.

A varejista, que abriu sua primeira loja no Brasil em 1995, possui 318 lojas e emprega 70 mil pessoas no país.

O Wal-Mart ainda fica atrás das suas principais concorrentes: Carrefour e grupo Pão de Açúcar .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.