Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Wall Street tem novo dia de otimismo; Nasdaq avança 4,6%

SÃO PAULO - Os mercados acionários americanos tiveram hoje mais um dia de recuperação. Os investidores continuaram animados com as iniciativas do governo para ajudar instituições financeiras e ampliar a concessão de crédito e com os componentes da equipe econômica do presidente eleito, Barack Obama.

Valor Online |

O Dow Jones subiu 2,9%, para 8.726,61 pontos, e o Standard & Poor´s 500 ganhou 3,5%, para 887,68 pontos. Já o eletrônico Nasdaq terminou em alta de 4,6%, para 1.532,10 pontos.

Hoje, Obama designou o ex-presidente do Federal Reserve (Fed) Paul Volcker, de 81 anos, para chefiar um conselho consultivo econômico especial, que será composto por mais oito a 16 integrantes. O presidente já havia nomeado Timothy Geithner, atual presidente do Federal Reserve de Nova York, para substituir Henry Paulson na secretaria do Tesouro. O ex-secretário do Tesouro durante o governo de Bill Clinton Lawrence Summers será seu principal assessor econômico na Casa Branca. Os investidores acreditam que a nova equipe econômica vai trabalhar pelo crescimento da economia.

Amparadas por essa avaliação, ações do setor de tecnologia recuperaram perdas de ontem. HP avançou 4,8% e Intel subiu 6,4%, por exemplo. O otimismo quanto ao novo governo e quanto às medidas do governo atual dos EUA para auxiliar as instituições financeiras deu ganhos aos papéis de bancos. Citigroup avançou 16% e Bank of America subiu 4,3%.

Os papéis da General Motors foram o destaque do pregão, ao dispararem 35%. Hoje um analista do Deutsche Bank comentou que cresce a expectativa favorável a um pacote de auxílio do governo americano às montadoras.

Além de tudo isso, o aumento visto nas cotações do petróleo puxou para cima as ações de empresas do setor. Exxon Mobil ganhou 3,6% e a Chevron avançou 4,4%. Hoje os contratos do barril de petróleo para janeiro subiram US$ 3,67 em Nova York e US$ 3,57 em Londres.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG