Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Wall Street sobe com preços baixos de ações e planos de montadoras

SÃO PAULO - Depois das pesadas perdas de segunda-feira, os principais índices acionários de Wall Street tiveram um dia de recuperação nesta terça-feira. Os investidores aproveitaram os preços baixos para voltar a comprar ações.

Valor Online |

O índice Dow Jones das 30 principais ações fechou em alta de 3,3%, aos 8.419,09 pontos. O S & P 500 ganhou 4%, para 848,81 pontos e o Nasdaq Composite subiu 3,7%, encerrando aos 1.449,8 pontos.

A procura por barganhas conseguiu manter os índices no azul mesmo depois de notícias negativas como a da forte queda nas vendas de automóveis nos Estados Unidos. O recuo de 30,6% nas vendas da Ford e de 41,3% nas da GM em novembro chegou a interferir nos negócios, mas depois da divulgação dos dados os indicadores tornaram a registrar valorização.

Os próprios papéis dessas montadoras fecharam em alta, depois de as empresas apresentarem ao Congresso norte-americano projetos de recuperação. A General Motors, que subiu 5,6%, pediu um empréstimo oficial de até US$ 18 bilhões. A Ford, cujas ações avançaram 5,9%, solicitou um empréstimo de US$ 9 bilhões com recursos do governo e em troca promete um programa de investimento de US$ 14 bilhões em novas tecnologias ao longo dos próximos sete anos.

Depois da queda violenta de ontem, ações de bancos tiveram alta expressiva. As do Citigroup, que perderam 22% na segunda-feira, subiram 11,9%. As do Bank of America ganharam 11,8%, após cair 21% ontem.

As ações da General Electric avançaram 13,6%, depois de a empresa anunciar que pretende manter o pagamento de dividendos de US$ 1,24 por ação em 2009.

Leia tudo sobre: bolsas nos eua

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG