Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Wall Street segue petróleo e fecha em queda antes de decisão do Fed

SÃO PAULO - Em um pregão marcado pela cautela antes da decisão do Federal Reserve (Fed) sobre a taxa de juro americana, os principais indicadores acionários americanos fecharam em queda. O recuo das cotações do petróleo teve impacto negativo sobre as ações de empresas do setor e ligadas a commodities.

Valor Online |

O Dow Jones Industrial perdeu 0,4%, aos 11.284,15 pontos. O S & P 500 diminuiu 0,9%, aos 1.249,02 pontos. O Nasdaq declinou 1,1%, para 2.285,56 pontos.

O mercado aguarda a decisão do Fed sobre o juro básico dos EUA, que sai amanhã. Hoje, os investidores analisaram a inflação americana medida pelo índice de preços relacionado ao gasto do consumidor (PCE, na sigla em inglês). O núcleo do PCE, que exclui alimentos e energia da conta, aumentou 0,3%, em linha com o esperado. No entanto, o índice cheio avançou 0,8% sobre maio, maior alta desde 1981. O aumento da inflação pode levar os americanos a consumir menos e fazer o Fed mexer em sua política de juros.

As maiores pressões de baixa foram exercidas por ações do setor de petróleo, depois que a cotação do produto perdeu mais de US$ 3 em Londres e Nova York. A Exxon Mobil caiu 3,9% e a Chevron recuou 1,8%, por exemplo. Outras empresas de commodities acompanharam o movimento - caso da Alcoa, cujos papéis baixaram 3,4%.

Ações de bancos também caíram com o informe de resultados do banco britânico HSBC. O lucro da instituição caiu 29% no semestre, para US$ 7,7 bilhões, mas o mercado prestou mais atenção nas provisões para créditos duvidosos (US$ 10,1 bilhões) e na depreciação de ativos hipotecários e empréstimos alavancados (US$ 3,9 bilhões). Na bolsa de Nova York, as ações do Bank of America recuaram 2,1% e as do JP Morgan perderam 1,5%.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG