Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Wall Street opera sem tendência definida, acompanhando preço do petróleo

SÃO PAULO - Os mercados americanos oscilam entre ganhos e perdas nesta quarta-feira, com os investidores acompanhando as oscilações no preço do petróleo depois de dois dias de forte baixa.

Valor Online |

A commodity voltou a ganhar valor no começo do dia depois que o Irã realizou testes com mísseis de médio e longo alcance. Há pouco, o barril de WTI ameaçava retomar a trajetória de queda. Os preços também embutem os dados sobre os estoques semanais nos Estados Unidos. O Departamento de Energia informou as reservas americanas de óleo cru recuaram, mas os destilados e a gasolina apresentaram elevação na semana passada.

Na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE na sigla em inglês), por volta das 12h50, o Dow Jones cedia 0,08%, para 11.373 pontos. O S & P 500 operava estável a 1.273 pontos. A bolsa eletrônica Nasdaq caía 0,24%, para 2.288 pontos.

Dentro do Dow Jones, destaque para as ações da Alcoa, que subiam 1,14%, refletindo o balanço apresentado ontem. A produtora de alumínio fechou o segundo trimestre com ganho de US$ 546 milhões, ou US$ 0,66 por ação, menor do que os US$ 715 milhões, ou US$ 0,81 por ação, obtidos em igual período do ano passado. Apesar dessa redução, o resultado superou as expectativas dos analistas.

No setor financeiro, as financeiras hipotecárias Fannie Mae e Freddie Mac seguem operando com forte volatilidade. Desde o começo da semana, as empresas são acompanhadas de perto pelos investidores que temem a necessidade de bilhões de dólares em aumentos de capital. Os reguladores já afastaram tal possibilidade, mas as ações seguem sob pressão. Instantes atrás, a Fannie Mae declinava 2%, enquanto a Freddie Mac diminuía 7,7%.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG