Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Wall Street fecha em queda ante dados dos EUA; mês tem resultado misto

SÃO PAULO - Depois de dois dias de valorização expressiva, os principais índices acionários das bolsas de Nova York fecharam o último pregão de julho em queda, conforme as preocupações quanto à desaceleração econômica nos EUA se acentuaram. O resultado para o acumulado do mês, porém, foi variado.

Valor Online |

O Dow Jones Industrial fechou com queda de 1,8%, aos 11.378,02 pontos. O Standard & Poor´s 500 encerrou aos 1.267,38 pontos, com baixa de 1,3%. O Nasdaq apontou recuo de 0,2%, para 2,325,55 pontos.

No acumulado de julho, o Dow Jones subiu 0,2% e o Nasdaq exibiu valorização maior, de 1,4%. Já o S & P 500 amargou queda de 1%.

Dados econômicos divulgados hoje devolveram aos investidores os receios quanto ao ritmo de desaceleração nos Estados Unidos. O Produto Interno Bruto (PIB) do país cresceu 1,9% no segundo trimestre, contra previsões que oscilavam entre 2% a 2,3%. O crescimento do primeiro trimestre foi revisto de 1% para 0,9%. O PIB do quarto trimestre também foi alterado, passando a apresentar variação negativa de 0,2%, contra avanço de 0,6%.

Além disso, os novos pedidos de seguro-desemprego aumentaram em 44 mil na semana passada, para 448 mil requerimentos - número que preocupou os analistas.

Alguns balanços também decepcionaram os investidores. A petroleira Exxon Mobil terminou o segundo trimestre com lucro líquido 14% maior, de US$ 11,680 bilhões. No entanto, os analistas esperavam mais e as ações perderam %. Já os papéis da MasterCard recuaram 9,8%, depois de a empresa anunciar prejuízo de US$ 747 milhões no segundo trimestre.

Por outro lado, a Motorola avançou 4,7% depois de surpreender o mercado com o anúncio de lucro líquido de US$ 4 milhões entre abril e junho.

Os investidores avaliaram ainda a proposta da farmacêutica Bristol-Myers Squibb para adquirir a empresa de biotecnologia ImClone Systems por aproximadamente US$ 4,5 bilhões. As ações da Bristol-Myers Squibb caíram 1,8%, enquanto as da ImClone dispararam 37,7%.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG