Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Wall Street fecha em leve alta graças à General Motors

A Bolsa de Nova York terminou em leve alta nesta terça-feira em Nova York, após uma sessão volátil que passou a operar no azul perto do fechamento alentada pelas vendas acima do previsto da General Motors em junho: Dow Jones subiu 0,28%, e Nasdaq, 0,52%.

AFP |

O Dow Jones Industrial Average (DJIA) ganhou 32,25 pontos, encerrando a 11.382,26 unidades, enquanto o índice Nasdaq, de alto componente tecnológico, avançou 11,99 pontos, a 2.304,97 unidades, segundo números definitivos do fechamento.

O índice ampliado Standard & Poor's 500 subiu 4,92 pontos, a 1.284,92 unidades (+0,38%).

Depois de passar a maior parte da sessão no vermelho, o mercado começou a operar no azul depois do anúncio da General Motors (GM), cujas vendas mensais em junho nos Estados Unidos (-18,5%) tiveram uma queda menor que o previsto pelo mercado.

A ação da GM, que nos últimos tempos tem sido negociada pelos preços mais baixos desde os anos 50, ganhou 2,17%, fechando a 11,75 dólares.

"É uma boa notícia, mas também mostra até que ponto chegou o pessimismo do mercado, subindo com o anúncio de uma queda menor nas vendas que o previsto, o que é bastante diferente de um aumento das vendas", destacaram os analistas da Briefing.com.

A Ford (-2,08%), por sua vez, anunciou uma queda de 28% de suas vendas nos Estados Unidos em junho, superando as previsões do mercado.

"Nada mudou realmente, e o mercado provavelmente evolui nesses níveis à espera de notícias mais importantes. É uma semana de férias, e se os números do emprego não fossem esperados para quinta-feira não aconteceriam muitas coisas", estimou Mace Blicksilver, da Marblehead Asset Management.

Os mercados não abrirão na sexta-feira, feriado do Dia da Independência nos Estados Unidos.

O mercado obrigatório caiu. O rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos subiu a 3,992%, contra 3,979% na noite de segunda-feira, e o dos títulos a 30 anos a 4,544%, contra 4,529%.

gmo/ap

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG