Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Wall Street fecha em baixa, empurrada pelas principais ações

A bolsa de Nova York encerrou a quarta-feira em alta, após ter resistido durante grande parte da sessão a notícias pouco animadoras sobre a economia, mas acabou cedendo sob a pressão de seus principais valores: o Dow Jones perdeu 1,51%, e o Nasdaq, 0,08%.

AFP |

O Dow Jones Industrial Average cedeu 121,70 pontos, a 7.956,66 unidades, enquanto o Nasdaq, caiu 1,25 pontos, a 1.515,05 unidades.

O índice Standard & Poor's 500, por sua vez, recuou 0,75% (6,29 pontos), a 832,22 unidades.

"A queda do Dow Jones fue mais forte em janeiro que a do S&P 500 (...). Infelizmente, temos um índice com trinta ações e algumas empresas estão fortemente reesentadas. O Dow Jones reagiu mais às notícias macroeconômicas", estimou Art Hogan, da Jefferies.

Os grupos Kraft Foods, Walt Disney, Procter & Gamble e Wal Mart respondem pela metade da queda do índice nesta quarta-feira. Além disso, a baixa do Bank of America (11,32% a 4,70 dólares) também acentuou o recuo do índice.

Acompanhando as novidades da economia, o mercado se manteve em alta durante as primeiras horas depois da publicação de um índice ISM, apontando para uma moderação da queda da atividade dos serviços em janeiro nos Estados Unidos.

"Os resultados do ISM não foram tão ruins. Há otimismo", indicou Mace Blicksilver, da Marblehead Asset Management.

O mercado de títulos voltou a cair. O rendimento dos bônus do Tesouro a dez anos subiu a 2,914%, contra 2,842% na terça-feira, e o dos de 30 anos de prazo, a 3,673% contra 3,623% na véspera.

mla/ap

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG