Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Wall Street fecha em alta, depois da decisão do Fed

SÃO PAULO - Os principais índices de Wall Street encerraram a sessão desta quarta-feira em território positivo, apesar do clima de cautela. Resultados corporativos e palavras do banco central dos EUA melhoraram a confiança do mercado.

Valor Online |

O Federal Reserve (Fed, banco central americano) optou pela manutenção da política de juro quase em zero, com a taxa dos Fed Funds na faixa entre 0% e 0,25% ao ano. Apesar disso, afirmou que notou sinais de melhora na situação da economia americana. Dentre os resultados mais observados ficou a Royal Dutch Shell, que encerrou o primeiro trimestre de 2010 com lucro atribuível aos detentores de ações de US$ 5,481 bilhões, uma alta de 57% no comparativo com os US$ 3,488 bilhões somados entre janeiro e março do ano passado. No âmbito dos indicadores, os investidores conheceram ainda o volume de pedidos de empréstimos imobiliários nos Estados Unidos, que diminuíram 2,9% na semana encerrada em 23 de abril, perante uma semana antes, com ajuste sazonal, segundo a pesquisa da Mortgage Bankers Association (MBA). Estas notícias superaram a decisão da agência de classificação de risco Standard and Poor''''s (S & P) de rebaixar a nota de crédito da Espanha. Ontem, a agência já havia rebaixado a nota soberana de Portugal e Grécia. O índice Dow Jones encerrou com valorização de 0,48%, aos 11.045 pontos. O Nasdaq subiu 0,01%, aos 2.472 pontos. O S & P-500 teve alta de 0,65%, aos 1.191 pontos. (Vanessa Dezem | Valor com agências internacionais)

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG