Tamanho do texto

Nova York, 23 abr (EFE).- Nova York, 23 abr (EFE).

Nova York, 23 abr (EFE).- Nova York, 23 abr (EFE).- Segundo dados provisórios, o índice Dow Jones Industrial, o principal das bolsas de Nova York, fechou hoje em alta de 69,99 pontos (0,63%), aos 11.204,28, encerrando a semana com alta de 1,7%. O seletivo S&P 500 subiu 8,61 pontos (0,71%), para 1.217,28. O índice composto do mercado Nasdaq, onde são negociadas as ações de várias empresas de tecnologia e internet, subiu 11,08 pontos (0,44%), aos 2.530,15. O forte aumento em março das vendas de moradia nova nos Estados Unidos e um pouco mais de alívio em torno das perspectivas financeiras da Grécia - após esse país pedir que se ative o plano de ajuda oferecido por seus parceiros europeus - contribuíram para que Wall Street mantivesse a tendência de alta que tinha mostrado toda a semana. O setor de empresas de energia (1,61%) teve uma sessão mais positiva do que o resto - em paralelo à alta registrada pelo preço do petróleo com a ajuda do dólar que caiu frente ao euro e a outras moedas -, enquanto que o setor de transporte subiu 1,05% e o de equipamento, industrial e de serviços subiu quase 1%. A Merck liderou a alta entre as empresas incluídas no Dow, após apresentar dados sobre o efeito que terão em sua receita algumas medidas incluídas na reforma de saúde nos EUA aprovada no mês passado. A American Express também teve uma alta considerável (2,74%). A empresa duplicou seu lucro no primeiro trimestre deste ano em relação a 2009, assim como Pfizer (2,61%) e Dupont (1,9%), além de Caterpillar, Alcoa, Home Depot e Chevron, que conseguiram altas em torno de 1,8%. A jornada foi desfavorável por outro lado para outros nove componentes do Dow e as perdas maiores foram registradas pela Microsoft (1,27%), apesar de apresentar contas positivas relativas ao primeiro trimestre. Também fecharam em negativo Coca-Cola, Verizon e Travelers, com baixas em torno de 0,7%, assim como Boeing e Bank of America, que caíram cerca de 0,6%. A dívida pública americana a 10 anos subia de preço e oferecia uma rentabilidade de 3,81%. EFE vm/ma
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.