Tamanho do texto

Os mercados da Ásia voltaram a apresentar alta expressiva nesta terça-feira, no encalço dos fortes ganhos em Wall Street. Os investidores também mostraram muito otimismo com o plano do governo Barack Obama para resgatar o sistema financeiro dos EUA, com a remoção dos chamados ativos tóxicos, o que deverá permitir aos bancos a retomada dos empréstimos.

  • Entenda o novo plano dos EUA para ajudar bancos
  • André Perfeito: O tesouro abre o cofre
  • Em Hong Kong, a Bolsa atingiu o maior nível em mais de dez semanas. Com elevação no volume de negociações, o índice Hang Seng subiu 462,92 pontos, ou 3,4%, e encerrou aos 13.910,34 pontos, no maior fechamento desde 12 de janeiro.

    Nas Bolsas da China, os ganhos acabaram limitados pela realização de lucros no setor bancário e as crescentes preocupações sobre a economia doméstica. Com modesto volume de negociações, o índice Xangai Composto ganhou 0,6% e encerrou aos 2.338,42 pontos, após abrir em alta de 1,9%. O índice Shenzhen Composto também avançou 0,6% e terminou aos 774,30 pontos.

    Uma ligeira queda na taxa de paridade central dólar-yuan levou a moeda chinesa a se valorizar sobre a unidade norte-americana. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8296 yuans, de 6,8331 yuans do fechamento de segunda-feira.

    A Bolsa de Taipé, em Taiwan, voltou a apresentar o melhor resultado em mais de cinco meses. O índice Taiwan Weighted subiu 2,3% e terminou aos 5.242,18 pontos, na maior pontuação desde 15 de outubro.

    Na Coreia do Sul, o índice Kospi da Bolsa de Seul fechou com a maior pontuação em 11 semanas, puxado pelos ganhos em ações de financeiras e construtoras. O índice subiu 1,9% e terminou aos 1.221,70 pontos, maior nível desde 7 de janeiro.

    Na Austrália, os investidores optaram por fazer algumas realizações de lucros depois de levarem o índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney a uma máxima de dois meses. O índice teve alta de 0,8% e fechou aos 3.580,0 pontos.

    Na quinta alta consecutiva, o índice PSE da Bolsa de Manila, nas Filipinas, teve alta de 2,1% e fechou aos 1.917,69 pontos.

    A Bolsa de Cingapura encerrou na maior alta em cinco semanas, seguindo Wall Street. O índice Straits Times subiu 2,5% e fechou aos 1.706,34 pontos.

    Na Indonésia, o mercado encerrou em alta, mas abaixo do teto intraday devido a realizações de lucros por investidores de varejo. O índice composto da Bolsa de Jacarta subiu 2,1% e fechou aos 1.449,33 pontos, impulsionado pela valorização cambial e ganhos nas demais bolsas asiáticas.

    O mercado tailandês terminou virtualmente estável, com o índice SET da Bolsa da Bangcoc recuando 0,01 ponto e fechando aos 438,16 pontos, após ter atingidos 443,01 pontos.

    O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur recuou 0,38 ponto e fechou aos 877,92 pontos, devido a realizações de lucros. As informações são da Dow Jones

    Leia mais sobre: bolsas asiáticas

      Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.