Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Wall St sobe por alívio do petróleo e setor financeiro

Por Steven C. Johnson NOVA YORK (Reuters) - As bolsas de valores norte-americanas se recuperaram nesta terça-feira, com alta de mais de 2 por cento em reação à queda dos preços do petróleo.

Reuters |

Além disso, as últimas baixas contábeis anunciadas pelo Merrill Lynch foram interpretadas como sinal de que uma virada na crise de crédito está prestes a ocorrer.

O índice Dow Jones teve alta de 2,39 por cento, para 11.397 pontos. O Standard & Poor's 500 subiu 2,34 por cento, a 1.263 pontos. O Nasdaq avançou 2,45 por cento, a 2.319 pontos.

As ações foram ajudadas também por dados que mostraram que a queda mensal dos preços de moradias está desacelerando e que o sentimento do consumidor norte-americano melhorou em julho pela primeira vez em seis meses.

Os preços do petróleo caíram mais de 2 por cento, amenizando algumas preocupações sobre a inflação e os gastos do consumidor e melhorando a perspectiva para empresas do setor de varejo e companhias aéreas.

Um índice de companhias aéreas subiu 11,4 por cento, enquanto um índice do setor de varejo avançou 4,0 por cento.

As ações do Merrill Lynch subiram quase 8 por cento após a instituição divulgar na noite de segunda-feira uma baixa contábil de 5,7 bilhões de dólares e uma operação para levantar 8,5 bilhões de dólares com a venda de novas ações.

Depois do negócio, o humor do setor financeiro começou a virar, com investidores afirmando que as últimas baixas contábeis podem ser um sinal de que os bancos estão superando as perdas com a inadimplência de hipotecas.

'Sempre existe uma esperança de que esta é a última grande turbulência do setor financeiro', disse Tim Ghriskeym, vice-presidente de investimento da Solaris Asset Management.

'Algumas pessoas pensam que podemos estar chegando ao final em termos de grandes perdas contábeis.'

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG