Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Vivo: tônica dos negócios será a busca por cliente de alto valor

A busca por eficiência e por clientes de alto valor será a tônica nos negócios da Vivo, afirmou o presidente da operadora, Roberto Lima. Para ele, sua concorrente direta, a Claro, pode ter até crescido mais em número de acessos no trimestre.

Agência Estado |

"Mas apresentou queda no ARPU (receita média por assinante) entre o segundo e o terceiro trimestres", afirmou.

A receita média por assinante (ARPU) da Vivo subiu 2,1% na comparação com o segundo trimestre de 2008, para R$ 29,4. Entretanto, caiu 4,2% no confronto com o ARPU do terceiro trimestre de 2007. Ao mesmo tempo, a Claro viu seu ARPU ceder 3,8% entre o segundo e o terceiro trimestres, para R$ 25, com 7,4% de queda ante o período julho-setembro de 2007.

Lima diz que não quer se iludir e confundir número de acessos com o de usuários. "Hoje, no Brasil, já existem usuários que carregam três, quatro chips no bolso para aproveitar a melhor oferta, mas depois da promoção, deixam de usar o serviço. Só que você paga o mesmo Fistel por um chip", afirmou, destacando que é por isso que a empresa está mais seletiva. "Não vamos sair fazendo loucuras para captar clientes que não vão gerar receitas."

A empresa também se diz mais seletiva na concessão de subsídios. Prova disso é que o custo de aquisição por cliente (SAC) da Vivo cedeu 31,5% entre julho e setembro, comparativamente a igual intervalo de 2007, para R$ 76. Também ficou 11,6% inferior ao SAC do trimestre imediatamente anterior. No balanço divulgado hoje, a Vivo diz que a redução resulta de menores gastos com subsídios para atrair clientes e da maior participação de aparelhos e SIM cards com tecnologia GSM, que possuem custo mais baixo.

Para atrair o público de maior valor agregado, a Vivo esta apostando na banda larga de terceira geração (3G), que oferece pela rede móvel. Conforme lima, a Vivo já cobre 222 municípios com a tecnologia, "a maior do País", já que a Claro oferece o serviço em 176 cidades. A Vivo lançou esta plataforma em setembro passado a 40 cidades.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG