A Vivo, maior operadora de telefonia celular do País, teve prejuízo líquido consolidado de R$ 59,5 milhões no segundo trimestre deste ano, o que significa uma redução de 8,6% em relação ao prejuízo de R$ 65,1 milhões registrado no mesmo trimestre do ano passado. Os números dos dois trimestres citados incluem os resultados da Telemig Celular Participações.

A receita líquida da Vivo totalizou R$ 3,791 bilhões de abril a junho deste ano, contra R$ 3,359 bilhões no segundo trimestre de 2007. A geração de caixa medida pelo lucro antes do pagamento de juros, impostos, depreciação e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) ficou em R$ 879,3 milhões, o que representa crescimento de 16% na comparação anual. A margem Ebitda passou de 22,6% para 23,2%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.