SÃO PAULO - A Vivo informou que seu conselho de administração aprovou hoje a contratação de uma linha de crédito de R$ 389 milhões no Banco do Nordeste do Brasil (BNB), com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). O dinheiro do financiamento deverá ser usado para expandir a infra-estrutura de transmissão da empresa na Bahia, Sergipe e Maranhão e para implantar uma nova rede no Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas.

O empréstimo terá prazo de oito anos, com carência nos dois primeiros. A taxa de juros será de 10% ao ano, com desconto por adimplência de 25% para investimentos em regiões classificadas como semi-árido, e de 15% nas demais áreas.

Como garantia para o empréstimo, a Vivo deverá apresentar fiança bancária, que terá custo de até 1,10% ao ano sobre o valor financiado. Haverá ainda o depósito em uma conta reserva no valor de três prestações -incluindo amortização e juros - além de fiança da própria Vivo.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.