Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Vivo comemora 10 anos cotando em Wall Street

Nova York, 19 nov (EFE).- A operadora de telefonia celular Vivo, a maior do Brasil, completou hoje dez anos cotando na Bolsa de Nova York e comemorou dando a badalada que marca o fechamento oficial de Wall Street, onde explicou seus planos de crescimento para o futuro.

EFE |

A operadora, criada em 1998, da fusão de sete companhias, é a maior do hemisfério sul, tem mais de 42 milhões de clientes e conta com uma fração de mercado de 30% no Brasil.

Antes do fim do pregão, seu presidente, Roberto Lima, e seu executivo-chefe, Ernesto Gardelliano, se reuniram com analistas para explicar a situação da firma e seus planos futuros.

O presidente da Vivo disse que tanto sua companhia como o resto do setor reivindica ao Governo que se permita adiar o pagamento de impostos pela recente compra de formas de terceira geração de telefonia celular, sem que sejam penalizadas por isso.

Segundo Roberto Lima, a intenção das operadoras é cumprir seus planos de investimento, apesar da deterioração do mercado creditício. O presidente da companhia também destacou o descontentamento do setor com os impostos que taxam a telefonia celular, pois absorvem 44% do que é pago pelos usuários.

Sobre seus planos de investimento, Gardelliano assegurou que as decisões a respeito foram tomadas levando muito em conta as condições econômicas e a evolução da receita, com o constante objetivo de manter a liderança no setor. EFE mgl/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG