Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Viana Trading pede recuperação judicial no MT

São Paulo, 19 - A mato-grossense Viana Trading teve seu pedido de recuperação judicial aceito pela 17ª Vara de Recuperação de Empresas de Primavera do Leste (MT). A empresa tem um passivo junto a bancos, produtores e multinacionais da ordem de R$ 150 milhões e passou a ter dificuldades de honrar seus compromissos com a falta de liquidez gerada pela crise internacional.

Agência Estado |

Com unidades de recebimento em Mato Grosso e Paraná, a empresa tem uma estrutura com quatro armazéns, oito pontos de recebimento, uma carteira de 5 mil clientes e comercializa anualmente cerca de 1,5 milhão de toneladas de grãos, entre soja e milho

Segundo o advogado que representa a empresa na recuperação judicial, Euclides Ribeiro da ERS Consultoria, em 60 dias será apresentada uma proposta para todos os credores. "A empresa tem situação econômico patrimonial confortável, contudo, necessita de imediata liquidez, o que não se faz da noite para o dia, já que grande parte de seus ativos está imobilizado", afirma. Segundo o advogado, a prioridade para o pagamento será dada dos produtores.

Com o pedido de recuperação judicial aceito pela Justiça mato-grossense, a trading conseguiu suspender um processo de execução movido pela ADM no valor de R$ 26 milhões. "Esse é um reflexo do poder da recuperação, suspende-se tudo, para negociações, quem prefere o caminho de embate normalmente demora mais para acomodar-se", disse o Ribeiro. O advogado lembra que a crise financeira internacional elevou o número de processos de recuperação judicial no Estado ligados ao agronegócio. Apenas seu escritório moveu 11 pedidos neste ano, contra oito em 2007, dois em 2006 e um em 2005.

Fundada no final da década em 1999, em Ponta Grossa (PR), a Viana Trading transferiu sua sede para Cuiabá (MT) para melhorar administrar sua atuação nas área de fronteira agrícola. Em seu site, a empresa diz que, "a exceção das cooperativas, é a empresa pioneira no sistema de parceria agrícola, cuja característica é o fornecimento ao agricultor dos insumos necessários à implantação da sua lavoura, com o retorno do crédito após a colheita em forma de grão".

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG