Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Viacom lucra 32% menos em 2008

Nova York - O gigante do setor de mídia Viacom, proprietário de MTV, Paramount e DreamWorks, entre outras firmas, teve lucro de US$ 1,251 bilhão em 2008 (US$ 2 por ação), o que representa queda de 32% em relação ao ano anterior.

EFE |

 

Só no quarto trimestre de 2008 a empresa com sede em Nova York viu seu lucro cair 69% em relação ao mesmo período de 2007, para US$ 173 milhões (US$ 0,28 por ação), apesar do faturamento praticamente ter se mantido sem mudanças, aos US$ 4,243 bilhões.

A receita do conjunto do ano aumentou 9%, para US$ 14,625 bilhões, segundo detalhou a companhia, cujos números publicados hoje estão dentro do que os analistas esperavam.

A companhia explicou que o motivo da queda dos lucros, especialmente no quarto trimestre do ano, se deveu ao efeito da recessão da economia em seu negócio e ao registro de custos de reestruturação, que na reta final do ano ficaram em US$ 454 milhões.

"Nossos resultados do quarto trimestre refletem as realidades de uma economia difícil, que afetaram a publicidade, entretenimento no lar e produtos de consumo da companhia", assegurou o responsável executivo da Viacom, Philippe Dauman, ao apresentar as contas da empresa.

Ele acrescentou que, em parte, essas quedas foram compensadas com sólidos crescimentos na receita por assinantes e por conteúdos dramáticos, que em ambos os casos foram de dois dígitos.

O faturamento obtido pela Viacom com seus programas transmitidos por cabo ou satélite aumentou 12% tanto no conjunto do ano como no último trimestre, enquanto o conseguido por publicidade aumentou 1% durante 2008, apesar de na reta final do ano ter registrado queda de 3%.

Para este ano, a Viacom espera que seu plano de corte de gastos, entre os quais se inclui a eliminação de 850 postos de trabalho (7% de seu elenco), gere uma economia de mais de US$ 200 milhões.

Leia tudo sobre: viacom

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG