Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Venezuela propõe moeda comum latino-americana

A Venezuela propôs a criação de um sistema financeiro do Sul, durante a VII Reunião Extraordinária do Conselho do Mercado Comum do Mercosul. É a resposta à crise de hegemonia financeira do dólar, disse o chanceler daquele país, Nicolás Maduro.

Agência Estado |

O sistema seria constituído por uma moeda comum latino-americana e pela concretização do sempre protelado Banco do Sul. Também faria parte desse sistema financeiro alternativo a criação de um fundo de reserva da América do Sul, integrado por 10% a 20% das reservas internacionais dos países da região.

Segundo Maduro, a América do Sul dispõe de cerca de US$ 400 bilhões em reservas e poderia dispor de uma parte para garantir o crescimento econômico. "Financiaríamos nosso desenvolvimento em condições estáveis, não especulativas", disse. "O caminho do Sul é caminhar com pés próprios", completou.

A Venezuela propôs, durante a reunião, que se pressione a Organização das Nações Unidas (ONU) a realizar um encontro de emergência para discutir as causas da crise. A criação do sistema financeiro alternativo foi citada por participantes do encontro como exemplo da gama de propostas, das mais razoáveis às mais exóticas, colocadas sobre a mesa.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG