Os governos de Venezuela e Vietnã assinaram quinta-feira 12 acordos que incluem a criação de uma empresa mista para explorar petróleo na Faixa do Orinoco (sudeste) e, além disso, concordaram em criar um fundo binacional de investimento de 200 milhões de dólares.

Os documentos foram assinados durante a primeira visita oficial de um chefe de Estado vietnamita ao país sul-americano.

"Bem-vindo presidente Nguyen Minh Trietm, sua visita sela o compromisso de construir entre Vietnã e Venezuela uma sólida aliança estratégica", disse o presidente venezuelano, Hugo Chávez, durante a cerimônia de assinaturas, celebrada no Palácio presidencial de Miraflores.

O convênio estabelece uma associação entre Petróleos de Venezuela (PDVSA) e PetroVietnam para extrair e melhorar até 200.000 barris diários no bloco Junín 2 da Faixa do Orinoco, rica em petróleos pesados e extrapesados.

A PetroVietnam participaria mediante a compra de um bônus da Venezuela "que pode ser cancelado com tecnologia", e o petróleo melhorado seria enviado a uma refinaria no Vietnã", explicou o ministro de Energia e Petróleo, Rafael Ramírez.

Sobre o fundo de investimento binacional, Chávez indicou que o montante inicial será de 50 milhões de dólares.

rsr-pt/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.