CARACAS (Reuters) - A refinaria venezuelana Amuay, que produz 640 mil barris de petróleo por dia, opera normalmente depois de um incêndio em uma das suas unidades, afirmou neste domingo a estatal petrolífera PDVSA. Fontes da refinaria disseram no sábado que o fogo começou na véspera de Natal e danificou uma fornalha na unidade de nafta número 2.

O comunicado da PDVSA diz que o incêndio ocorreu em 23 dezembro e que a unidade de nafta número 1 funcionava a toda capacidade para compensar os problemas na unidade 2.

As unidades de nafta produzem elementos usados na fabricação da gasolina.

A PDVSA declarou que o incidente não afetará as entregas acertadas com compradores nacionais e internacionais. A empresa não descreveu os danos que resultaram do fogo e nem disse quando a unidade afetada voltará a funcionar.

As refinarias venezuelanas têm sofrido uma seqüência de acidentes recentemente. Um corte na transmissão de energia já havia afetado neste mês as produções na Amuay e na Cardón.

(Reportagem por Brian Ellsworth)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.