Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Venezuela conclui acordo para nacionalização da argentina Sidor

A Venezuela concluiu um acordo amigável sobre a indenização que será paga ao grupo argentino Techint em troca da nacionalização de sua filial siderúrgica venezuelana Sidor, anunciou neste sábado o presidente venezuelano Hugo Chávez.

AFP |

"Vamos fazer uma avaliação, porque eles dizem que têm investimentos. Determinaremos o preço a ser pago daqui a dois meses", declarou Chávez em discurso transmitido pela televisão.

"Assumimos hoje o controle total da Sidor, em virtude de um acordo amigável. Nenhum conflito foi necessário", ressaltou o dirigente venezuelano.

Hugo Chávez havia anunciado em março passado a nacionalização da siderúrgica Ternium-Sidor. O grupo argentino Techint possui 60% das ações da Sidor, o Estado venezuelano 20% e o restante pertence aos funcionários.

Agora, o governo venezuelano passará a controlar 70% do capital, os trabalhadores 20% e a Techint 10%, segundo fontes envolvidas nas negociações.

Em seu discurso, o presidente da Venezuela revelou que a Techint pedia inicialmente uma indenização de 4 bilhões de dólares em troca de sua participação na Sidor, um preço que Chávez considerou exagerado.

Segundo fontes extra-oficiais, a Techint teria se conformado em receber 2,4 bilhões de dólares.

A Sidor produziu 4,3 milhões de toneladas de aço em 2007.

nn/yw

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG