CARACAS (Reuters) - A Venezuela ordenou nesta sexta-feira a intervenção em três novos bancos, depois de fechar quatro instituições por irregularidades contábeis. O ministro de Finanças, Alí Rodríguez, disse que o país não vive uma crise financeira e que as entidades serão recuperadas, sem dar mais detalhes sobre o motivo da medida.

(Por Fabián Andrés Cambero)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.