Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Vendas reais dos supermercados sobem 8,66% no 1º semestre, diz Abras

SÃO PAULO - O setor supermercadista brasileiro registrou no mês de junho um aumento real de 7,58% nas vendas perante o mesmo mês de 2007, conforme dados divulgados hoje pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). A evolução contribuiu para o desempenho do setor na primeira metade deste ano, com vendas 8,66% maiores, também em termos reais. Esse foi o melhor desempenho para o período nos últimos cinco anos.

Valor Online |

Se comparado com o levantamento do mês de maio, no entanto, as vendas reais registraram baixa de 6,29%. Os dados foram deflacionados pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Sem o desconto da inflação, a queda nominal de maio para junho foi de 5,60% e a expansão perante junho de 2007 foi de 14,10%. No primeiro semestre as vendas nominais registraram elevação de 14,20%.

De acordo com a Abras, não é possível prever se o andamento das vendas será tão forte ao longo do segundo semestre, devido à piora do cenário externo e o processo inflacionário.

Um conjunto de 35 produtos de largo consumo que é monitorado pela Abras mostra também que o setor está reajustando os preços dos alimentos e bebidas. Descontada a inflação medida pelo IPCA, houve alta real de 2,04% na cesta AbrasMercado de maio para junho, que passou a custar R$ 253,52. No confronto com o sexto mês de 2007 o aumento real foi de 14,83%. O que mais subiu no mês em relação a maio foram feijão (13,95%), arroz (8,01%) e batata (7,61%).

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG