RIO DE JANEIRO (Reuters) - As vendas no varejo brasileiro aumentaram acima do previsto em fevereiro, marcando o segundo mês seguido de crescimento.

A alta das vendas foi de 1,6 por cento em fevereiro sobre janeiro e de 12,3 por cento ante igual mês do ano passado, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira.

RIO DE JANEIRO (Reuters) - As vendas no varejo brasileiro aumentaram acima do previsto em fevereiro, marcando o segundo mês seguido de crescimento.

A alta das vendas foi de 1,6 por cento em fevereiro sobre janeiro e de 12,3 por cento ante igual mês do ano passado, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira.

Economistas consultados pela Reuters previam um crescimento mês a mês de 0,6 por cento e uma elevação anual de 10 por cento.

O dado de janeiro foi revisto para cima, para expansão de 3 por cento em relação a dezembro, ante leitura preliminar de 2,7 por cento.

Na comparação com janeiro, oito dos dez setores tiveram crescimento das vendas, com destaque para Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (3,9 por cento) e Tecidos, vestuário e calçados (3,4 por cento.

Em relação a fevereiro de 2009, houve aumento em todas os setores, destcando-se Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (11,5 por cento) e Móveis e eletrodomésticos (22,2 por cento).

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier e Denise Luna)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.