SÃO PAULO - As vendas no varejo da China aumentaram 17,9% entre janeiro e março deste ano, em comparação com os mesmos três meses de 2009, e somaram 3,6374 trilhões de yuan, o correspondente a US$ 532,6 bilhões.

SÃO PAULO - As vendas no varejo da China aumentaram 17,9% entre janeiro e março deste ano, em comparação com os mesmos três meses de 2009, e somaram 3,6374 trilhões de yuan, o correspondente a US$ 532,6 bilhões. Segundo o porta-voz do Departamento de Estatísticas do país, Li Xiaochao, a taxa de variação foi 2,9 pontos percentuais mais alta do que a de um ano antes. Impulsionada por várias medidas do governo, a comercialização de veículos, móveis e do segmento de eletrodomésticos e equipamentos de audiovisual tiveram ampliação respectiva de 39,8%, 37,6% e 29,6%. A agência de notícias chinesa Xinhua recordou que o governo anunciou subsídios e incentivos fiscais para eletrodomésticos e veículos no início de 2009 para compensar a queda nas exportações por causa da desaceleração econômica mundial e para estimular o consumo doméstico. (Juliana Cardoso | Valor)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.